Blog das PME´s

02/02/2018

Controladoria: Quando eu sei que a minha Empresa deu Certo

Os primeiros anos do empreendedor que investe em seu próprio negócio é um desafio com altos e baixos. Segundo especialistas da área de controladoria, os momentos mais críticos são os dois primeiros anos, quando a empresa ainda não tem expertise, está formando clientela e principalmente se adaptando ao mercado. Como na decolagem de um avião, é preciso estar preparado e com força total. As turbulências são comuns e ocasionadas por diversos motivos: falta de controle de caixa, preço do produto, despesas x faturamento. Por isso o ideal é sempre apertar os cintos e agir com cautela, mas até quando? Quando o empresário sabe que ele chegou na zona estável do seu negócio e que finalmente “deu certo”?

A controladoria considera uma das fases mais delicadas da empresa o momento em que ela começa a crescer, mas perde performance por falta de organização. Esse cenário é comum quando o empresário não percebe que já passou da fase inicial do negócio. Veja como evitar esse deslize:

Sucesso no plano de negócios

Esse é o sinal essencial. Mesmo com instabilidades, se os resultados do plano de negócios estão sendo atingidos, é notório que a empresa já passou do “deu certo” para “como vamos crescer”.

Estabilidade no mercado

Outro indício que a empresa está no caminho certo é quando ela finalmente se estabiliza no mercado – isso acontece se os concorrentes o reconhecem e há indicações dos clientes.

Definição de preço

Ser preciso no preço do produto é um dos maiores desafios para o empresário. É mais comum do que se imagina ter dificuldade em calcular o preço exato, operar com prejuízo e fatalmente declarar falência. Um dos trabalhos da controladoria é chegar a estre preço. Empresas que calculam corretamente o valor do seu produto podem respirar tranquilas. O erro muitas vezes está em praticar um preço similar ou menor do que o concorrente, quando o ideal é cobrir seus custos, as despesas fixas e variáveis e ainda gerar lucro – para ser competitivo, negocie fornecedores ou explore outro nicho.

Ponto de equilíbrio econômico

Quando a empresa encontra o ponto de equilíbrio econômico as receitas se igualam aos custos e despesas. É o grande momento que o empreendedor vê o resultado do seu negócio: o lucro no final do mês.

Controle de gastos

Um empresário que sabe controlar despesas e principalmente separar seus gastos pessoais dos corporativos já tem 20% mais chances de fazer o negócio dar certo. Após dois anos, o empresário deve ter um fundo de caixa para eventuais problemas como queda no faturamento, aumento de impostos e taxas entre outras situações, além de considerar investimentos futuros, já que sua estratégia deu certo.

Espaço para crescimento

O crescimento da empresa é espontâneo, mas quando o empresário percebe que tem fundo de caixa para investimentos e pode dar mais um passo para a empresa crescer é o momento em que ele já passou da fase inicial para entrar na fase estratégica. Aqui o importante é não deixar a peteca cair, e manter faturamento e lucros positivos.

Expert em Melhoria de Performance 
http://www.lbarreiros.com.br
Anúncios

30/01/2018

QUER UM EMPRÉSTIMO PARA SUA EMPRESA?

Planejamento e organização para obtenção de boas linhas de credito para colocar o caixa em ordem ou investir em sua empresa para crescer!

Sabemos que esta não é uma missão das mais fáceis, pois além de comprar, vender, produzir, operar e administrar, também tem que cuidar do relacionamento e da burocracia com os bancos, isto tudo concorre entre si e não sobra tempo para cuidar deste relacionamento difícil com os fornecedores de credito (Bancos e Instituições Financeiras).

Pensando nisso a L&Barreiros Controladoria, incluiu no seu portfólio de produtos e soluções, o “Kit Bancos”, que ira ajudar ao empreendedor nesta difícil tarefa de obter empréstimo.

Além de identificar qual a melhor linha de credito possível ou disponível, para conseguir um empréstimo, preparamos uma apresentação no formato dossiê com todos os requisitos necessários para conseguir de forma rápida e segura.

Veja a seguir o que compõe o o “Kit Bancos”, e os documentos necessários para conseguir um empréstimo empresarial no banco:

  • Apresentação da empresa com breve relato, histórico e imagens
  • Contratos Sociais
  • Balanços Patrimoniais e DRE´s
  • Pareceres de Auditoria Independente (se houver)
  • DIPJs (Declarações de Imposto de Renda)
  • Fluxos de Caixa (Realizados e Projetados)
  • Plano de Negócios
  • Relatórios Gerenciais e Indicadores  de Performance, incluído: PMP, PMR, Aging List, Maiores Clientes, Maiores Fornecedores, Giro e Valor dos Estoques, Relação de Ativos e Equipamentos
  • Dados cadastrais dos Sócios
  • Identificação e Apontamento de Garantias

 

Contate a L&Barreiros Controladoria para um Diagnóstico Inicial Grátis.

Laecio Barreiros

(11) 2337-8845

e-mail: lbarreiros@lbarreiros.com.br

Veja no link a seguir no site do Sebrae, qual a melhor e recomendada Linha de Credito para seu Projeto e Necessidade.

http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/linhacredito

12/01/2018

Consultória Financeira, GRÁTIS

free

Diagnóstico inicial e Plano de Ação “GRÁTIS”!

Inspirado em empresas como Google, YouTube, Financial Times, entre outras e apoiada em uma extensa pesquisa a partir do livro FREE, o Futuro dos Preços do autor Chris Anderson, a L&Barreiros Controladoria inova mais uma vez e lança em 2018 a Consultoria em Gestão, Controladoria e Finanças com Diagnóstico e Plano de Ação ‘’GRATUITO” para empresas de pequeno porte.

Segundo Laecio Barreiros, diretor da L&Barreiros Controladoria um consultor nível Sênior, vai até o cliente e em uma reunião que dura entre 2 e 4 horas com a Diretoria da empresa e neste momento, conseguimos identificar e capturar através de um processo com metodologia própria desenvolvida ao longo de 17 anos em mais de 200 projetos em clientes dos mais variados segmentos, quais são as principais dores, gargalos e problemas do empreendedor, seus indicadores e o status atual dos negócio e já vamos construindo um plano de ação com tópicos que podem ser executados pelo próprio cliente ou em conjunto com a L&Barreiros Controladoria.

Agende uma reunião com nossos consultores e veja o que podemos fazer para que você tenha em 2018 uma Gestão Financeira tranquila!

www.lbarreiros.com.br

e-mail: lbarreiros@lbarreiros.com.br    fone: (11) 2337-8845

26/11/2017

Anúncio de Expansão da L&Barreiros

Filed under: Uncategorized — lbarreiros @ 13:50

L&Barreiros Controladoria, dando continuidade à expansão de suas operações, anuncia a abertura de sua filial em Jundiaí – SP … Esse investimento objetiva levar a L&Barreiros mais próxima de seus clientes e de região que mais se desenvolve e cresce no Estado de SP. Localizada no moderno Condomínio Golden Office & Mall, situado na Rua Capitão Cassiano Ricardo de Toledo num. 191, sala 813 na Chácara Urbana, Jundiai, SP.
Agora são 2 endereços para melhor atende-los em Perdizes, SP e Jundiaí .
Será um prazer recebê-los para um cafezinho !!!

24E49C23-DD52-4DB8-813D-9C6CEDCDDBA2

21/11/2017

REFORMA TRABALHISTA (x) LEI DA TERCEIRIZAÇÃO (=) STAFF LOAN

 

A combinação da crise econômica, Reforma da CLT em vigor a partir de novembro/2017 e também da aprovação da Lei da Terceirização em março/17 que introduziu  uma  grande mudança na duração de contratos temporários para ate 180 dias. Estas mudanças,  contribuem  para um aumento na expectativa de crescimento nos negócios de Staff Loan no Brasil.

Vejamos a seguir as principais mudanças introduzidas e os principais pilares sobre o trabalho temporário Staff Loan;

– Vínculo empregatício : A Lei da Terceirização parte da premissa geral de que não há vínculo empregatício entre a tomadora dos serviços e o empregado terceirizado.

Atividade meio e fim: A Lei da Terceirização firma o conceito de serviços determinados ou específicos, prevendo que a contratação terceirizada poderá ocorrer sem restrições, inclusive para atividade-fim (ligada ao core business da empresa).

Segurança e medicina do trabalho: Quem contrata os serviços é responsável pelo ambiente de trabalho em que o empregado terceirizado irá trabalhar, seja nas próprias instalações da tomadora dos serviços ou em local previamente acordado. “Este entendimento traz consequências para a tomadora dos serviços nos casos de acidente de trabalho, reforçando o que já está previsto na legislação previdenciária”.

Benefícios: É facultativo à tomadora dos serviços disponibilizar alguns benefícios específicos ao empregado terceirizado, como alimentação, assistência medica e transporte.

– Responsabilização trabalhista: A Lei da Terceirização estabelece uma ordem clara a ser seguida: primeiro será cobrada da empregadora do trabalhador terceirizado (prestadora dos serviços). Só então, se esta não comparecer, é que a justiça poderá acionar a companhia tomadora dos serviços.

Responsabilidade previdenciária: A tomadora dos serviços continua como responsável solidária. Isso quer dizer que podem ser cobradas as contribuições previdenciárias tanto da prestadora de serviços como de quem os contrata. “Nesse sentido, pedir comprovantes da prestadora dos serviços sobre o pagamento do benefício previdenciário aos seus empregados ganha singular importância”.

Segurança jurídica: Especialistas garantem que os dispositivos introduzidos pela reforma trabalhista irão desestimular a chamada “aventura jurídica”, pois o reclamante passará a ter que arcar com as custas do processo e pagar honorários, salvo casos excepcionais.

 

Staff Loan,

Uma alternativa inteligente apoiada na evolução e alteração da legislação.

Empresas em fase de crescimento e reestruturação, demandam uma grande necessidade de pessoal técnico já treinados e capacitados para iniciar rapidamente na operação e contribuir com a solução de problemas em curto período de tempo, evitando que a equipe do cliente, tenha que concorrer entre o dia a dia e gargalos específicos, aumentando o custo de horas extras e o incremento no quadro funcional em um período de apagão de mão de obra.

Diferenciais da L&Barreiros – Staff Loan:

  • Gestão Corporativa, Suporte e Apoio por Especialistas
  • Responsabilidade e Risco Zero com Reclamações Trabalhistas
  • Profissionais Especialistas em Contabilidade e Finanças
  • Sistema de Controle e Acompanhamento de Time Sheet com Indicadores de Performance e Produtividade
  • Agilidade no Atendimento através do Banco de Profissionais e Especialistas já treinados e capacitados

 

06/09/2017

Realidade Aumentada

Filed under: Uncategorized — lbarreiros @ 04:06

IMG_1906

Realidade Aumentada é uma tecnologia utilizada para unir o mundo real com o virtual, através da utilização de um marcador, webcam ou de um smartphone (IOS ou Android), ou seja, é a inserção de objetos virtuais no ambiente físico, mostrada ao usuário em tempo real com o apoio de algum dispositivo tecnológico.
A nova tecnologia tem sido aprimorada para se tornar desde ferramenta de trabalho até mesmo forma de entretenimento, ficou muito conhecida com a febre do jogo Pokemon Go, mas já encontram aplicações práticas hoje para; apresentação de produtos, embalagens, treinamentos, vendas, revistas, manuais técnicos, jogos e por aí vai, não há limite para suas aplicações, principalmente agora que os preços já estão mais convidativos e acessíveis às PMEs .
Nos na L&Barreiros e nas empresas investidas, já estamos estudando fortemente está tecnologia e já disparamos uma série de projetos para implementa-las no dia a dia dos nossos negócios, inclusive com a parceria para representação e investimento .
Conforme formos evoluindo e implementando os projetos, compartilharemos os resultados .

 

 

 

29/08/2017

Risco de Auditoria: Atitude Mental x Staff Loan

Filed under: Uncategorized — lbarreiros @ 22:22

mindeset

A renomada psicóloga da Universidade de Stanford, Carol Dweck, passou anos estudando a maneira como as pessoas pensam e como alcançar o sucesso.

Ela descobriu então o poder da nossa atitude mental. Em Atitudes Mentais (Mindset), ela explica porque o sucesso não depende apenas de nossas habilidades ou talento e sim de como nós enfrentamos as situações da vida e de como isso depende de 2 atitudes mentais: a fixa e a progressiva.

A fixa é autoexplicativa, já a atitude mental progressiva  pode nos fazer pessoas mais felizes, realizadoras e capazes de controlar nossas próprias vidas, alcançada o sucesso. Escolher entre essas 2 atitudes mentais pode fazer toda diferença na sua vida e na sua carreira.

E o que isso tem a ver com o nosso dia a dia profissional, principalmente para as áreas de Finanças, Contabilidade, Fiscal e similares ?

Iniciamos o 3º.  quadrimestre do ano e por consequência, logo chegarão os processos de fechamento de ano calendário fisco-contábil, por consequência os processos de auditoria e ai que nos profissionais da área ficamos tensos, processos de conciliação atrasados, ajustes de lançamentos contábeis, arquivos, controles incompletos, etc … Normalmente fica para traz os processos mais volumosos e mais braçais, por que temos que focar em processos de maior valor agregado para a Gestão, e ai fica um monte de trabalho por fazer, com pouco tempo para realizar e o pior, cada vez menores sem condições braços para a realização. Logo ser pontuado em processo de auditoria é uma certeza e com isso mancha o trabalho árduo de um ano !

Portanto uma atitude de mente mental progressiva se faz necessária para encarar o problema de frente e decidir resolve-lo e como ?

Podemos ajuda-lo nesta missão critica !

L&Barreiros Controladoria, lança no mercado uma solução que promete facilitar e agilizar o dia a dia das empresas com problemas e gargalos nos processos de Contabilidade e de Finanças. Trata-se do “Staff Loan”, Empréstimo Temporário e Eventual de Mão de Obra Técnica Especializada.

Temos pessoal técnico especializado em Contabilidade e Finanças já treinados e capacitados para iniciar rapidamente na operação e contribuir com a solução de problemas em curto período de tempo, evitando que a equipe do cliente, tenha que concorrer entre o dia a dia e gargalos específicos, aumentando o custo de horas extras e o incremento no quadro funcional e.

Contate-nos para conhecer esta solução:

 

Laecio Barreiros

laecio@lbarreiros.com.br

Tel.: (11) 2337-8845  Negócios

Celular: (11) 9.9999-5004

http://www.lbarreiros.com.br

26/05/2016

Infográfico: Como a controladoria pode ajudar sua empresa

infografico

A controladoria é um segmento que otimiza os processos dentro da empresa – das micros até grandes instituições. Sua função é assegurar o futuro do negócio. O controller é uma pessoa capacitada para organizar, traçar metas e objetivos, assim como aplicar conhecimentos contábeis e administrativos para trazer lucratividade para a empresa.

Neste material, preparado para empreendedores e profissionais de todas as áreas, você conhecerá como a controladoria faz este processo e como funciona o business check-up.

 

“A forma de fazer negócio mudou na última década. O aumento da competitividade e as mudanças diárias do mercado, faz com que todas as empresas precisem estar preparadas para todos os cenários e buscar mensalmente otimizar os resultados – por este motivo a controladoria, que era uma ferramenta usada nas grandes empresas, agora é peça fundamental de pequenas e médias também”

 

Por: Laecio Barreiros

L&Barreiros Controladoria

Como multinacionais utilizam a controladoria para crescer

exemplo fluxograma

Um dos segredos das multinacionais que chegam ao País é pensar sempre cinco anos à frente. É uma forma de manter a empresa competitiva com mais produtividade e eficiência diante dos desdobramentos do mercado. O Brasil ainda é um país em desenvolvimento, e com ou sem crise, os investimentos são medidos sempre. As grandes corporações que apostam nos brasileiros avaliam riscos e oportunidades a todo momento. Este é um exemplo que as pequenas e médias também devem seguir. Porém, como adaptar os recursos, objetivos e estratégias de grandes empresas para a realidade do empreendedor que busca também a lucratividade, o crescimento e principalmente o equilíbrio financeiro da sua empresa? A controladoria é parte fundamental deste processo.

Um profissional que trabalha com controladoria tem conhecimento avançado em gestão organizacional, recursos humanos, finanças e produção. Unindo essas forças ele é capaz de diagnosticar possíveis falhas e pontos que podem ser otimizados para aumentar a produtividade da empresa. O controller – como é conhecido – tem  capacidade de trazer uma visão diferente e modificar o modelo de negócio ou até criar auditorias complexas para identificar pontos de melhoria e responder a pergunta que, em algum momento, todo empreendedor faz: por que eu não consigo lucrar mais?

As grandes empresas se beneficiam da controladoria também para acompanhar todos os processos internos da empresa – essa é a fórmula essencial para identificar os gastos desnecessários que devem ser cortados. A área também aponta investimentos certeiros ou até mesmo novas estratégias e modelos de negócios.

A realidade da pequena ou média empresa não muda muito. É preciso mapear os custos para dar um passo à frente, principalmente quando a empresa sai da fase de iniciante e começa a se profissionalizar e construir uma base sólida no mercado. As estratégias de controladoria das multinacionais adaptadas para as PMEs tornam possível acompanhar todos esses dados, otimizar resultados, reduzir custos e gerenciar riscos e fraudes, que são uma das preocupações de quem investe no seu próprio negócio.

Baixe nosso e-book: 20 dicas de como a controladoria pode ajudar na sua empresa 

O papel do controlador nas pequenas e médias empresas é visualizar novos horizontes, evitar situações de risco e até mesmo identificar estratégias para se esquivar das crises econômicas externas. Esta visão vai além dos demonstrativos dos relatórios contábeis ou administrativos. É uma forma de auxiliar o empreendedor nas tomadas de decisão principalmente quando a empresa visa não apenas o crescimento, mas a segurança e continuidade dos negócios.

20/02/2015

Se o Papa é pop, os empreendedores também podem ser: Como sua empresa pode ganhar a atenção das corporações gigantes

pap pop

Quando Papa Francisco anunciou o lançamento da Scholas.Lab, agora no início do mês, ele ganhou a admiração do mundo tecnológico. Em um momento em que a maior parte da comunicação é mais digital, nada mais natural do que o Vaticano saber interagir neste novo ambiente. Assim, criar uma aceleradora de startups parece algo fora da tradição católica, mas faz todo o sentido para quem quer e precisa, urgentemente, interagir com pessoal dos likes, comments e shares. Para o Vaticano e todas as outras grandes empresas, a inovação está cada vez mais fora das organizações.

Por esta razão, se vai empreender ou já está empreendendo, Bradesco, Telefónica e Coca-Cola, apenas para citar alguns exemplos de empresas que venho dando uma força, também podem ajudar.

O Bradesco criou o Inovabra, um programa pioneiro no Brasil que foca na oferta dos mercados e da capilaridade que o banco tem para alavancar o negócio das startups. A Telefónica criou a Wayra, uma sofisticada aceleradora de startups que vem conseguindo atrair empreendedores experientes. E a Coca tem o Coca-Cola Founders, um programa global em que se associa a empreendedores que sabem escalar seus negócios por meio da atuação da gigante de bebidas. A empresa gostou tanto do tema, que lançou o Coca-Cola Up, um segundo programa em parceria com a Artemísia, para apoiar empreendedores de negócios sociais. Em comum, todas estas gigantes oferecem acesso a mercados que uma startup brasileira nunca teria, mesmo que tivesse recebido um aporte milionário.

Mas a lista de gigantes que buscam startups continua. Hospital Albert Einstein, Natura, Mondelez, Senior Solution e Totvs já lançaram suas iniciativas para apoiar startups e muitas outras serão lançadas em 2015.

Mas se você é empreendedor e tem interesse em ser acelerado por uma grande empresa, alguns cuidados devem ser tomados:

-> Entenda se o programa é realmente estratégico para a grande empresa. O principal executivo e, principalmente, o diretor de inovação devem estar a bordo. Isto demonstra não só compromisso da alta direção, mas também um sinal de seriedade para os demais da empresa. Além disso, a chamada deve endereçar os principais desafios da corporação. Se isto não estiver claro, você não saberá exatamente como a sua startup pode ajudar a empresa.

-> Analise detalhadamente a chamada do programa. Algumas cláusulas podem ser abusivas em uma primeira leitura, mas podem fazer sentido em um contexto mais estratégico para a grande empresa. Sempre, na dúvida, entre em contato com o responsável pelo programa. E ter um bom advogado ao lado, não é recomendável, é obrigatório.

-> Só entre em iniciativas ganha-ganha. É fácil, inclusive pelo tamanho e burocracia, a grande empresa pisar na startup. Para que isto não ocorra, prefira os programas que tem, entre os organizadores, pessoas externas à corporação que consigam trazer uma discussão de acordo mais vantajoso para as duas partes e uma interação mais tranquila posteriormente.

-> E saiba aproveitar, mais do que os recursos que a grande empresa pode oferecer, o mercado que ela já tem acesso. Quase sempre, isto seria inatingível para uma startup brasileira conseguir entrar em mercado tão grande em um tempo tão curto.

Por fim, entenda que os programas de startups das grandes empresas também são startups corporativas. Ainda há muitas dúvidas e incertezas também do lado da corporação. Ambos os lados estão e estarão aprendendo a empreender.

Fonte: ESTADÃO PME, por: Marcelo Nakagawa

http://blogs.pme.estadao.com.br/blog-do-empreendedor/categorias/marcelo-nakagawa/

« Página anteriorPróxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.