Blog das PME´s

20/04/2013

PMEs brasileiras e a importância do plano estratégico

sucess pme

Segundo um levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), a falta de planejamento e de informações do mercado são as principais causas da morte das PMEs brasileiras. A pesquisa aponta ainda que 16, 32% dos empreendimentos dão fim às suas operações no seu primeiro ano de vida e 44,95% das organizações desaparecem entre um e cinco anos. Vale destacar que as empresas de pequeno porte correspondem a 85% do total de empreendimentos no país, sendo o restante composto pelas companhias de médio e grande porte.

Como driblar as estatísticas? Planejando! Os números demonstram a importância do planejamento estratégico a fim de minimizar as possibilidades da mortalidade empresarial. Quanto mais cedo a iniciativa for tomada, mas apoio e diretrizes os empreendedores terão para seguir em frente.

A grande dúvida fica, então, no primeiro passo: por onde começar? O contador, consultor e também colaborador do Pensando Grande, Laecio Barreiros, dá as dicas de como criar um plano estratégico de sucesso.

 

O processo de Planejamento

Comece por responder as perguntas abaixo. A partir daí, você terá o esqueleto para seguir em frente.ID-100138627

– Onde quero estar ?

– Onde estou ?

– Onde preciso de capital ?

– Quanto preciso ?

– Quais são as fontes ?

 

Faça um balanço e construa um planejamento estratégico

Faça um balanço do que respondeu. Consegue visualizar como montar seu plano? Siga as instruções abaixo como os próximos passos.

– Comece articulando a visão, metas e direcionamento da empresa e inclua uma afirmação de foco e proposta única de mercado.

– Discuta cada área da operação da empresa para estabelecer uma conexão entre custos incorridos e a receita prevista. O plano precisa descrever os resultados, obstáculos, contingências e necessidades futuras. Os resultados podem ser interpretados de diversas maneiras, mas devem ser mensurados, pois essa informação é necessária para se calcular o retorno do investimento.

– Forneça uma imagem financeira da empresa, incluindo relatório pro forma de cinco anos, assim como resultados históricos. Isso justifica a necessidade de financiamento externo por mostrar quando e quanto de capital é necessário e explicar precisamente como será usado (geralmente designado como “uso do produto”).

– O Plano de Negócios é a aplicação do Planejamento Estratégico. “Um plano de negócios não é somente algo que você precisa para conseguir financiamentos, ele também ajuda a clarear seu pensamento estratégico em uma fase inicial e traz uma rota para o futuro do seu negócio”, afirma Barreiros.

Estrategicamente falando, o planejamento é importante, pois, a curto ou médio prazo, possibilita alcançar as metas estipuladas, colher resultados efetivos, consertar erros de trajetória, construir a reputação de uma empresa e, consequentemente, facilitar o sucesso de uma organização. Tudo que uma PME precisa, não?

 

*Esta matéria é baseada no artigo “Dicas para um Plano Estratégico de Sucesso”, escrito pelo contador, CFO, empreendedor e consultor, Laecio Barreiros. Com MBA em Finanças, Barreiros já atuou como executivo em grandes organizações e presta consultoria com foco em PMEs nas áreas de Gestão da Performance, Planejamento, Finanças, Governança, Inteligência Competitiva e Controladoria.

Fonte: Blog Pensando Grande da Microsoft – http://www.pensandogrande.com.br/pmes-brasileiras-e-a-importancia-do-plano-estrategico/

 

Blog no WordPress.com.