Blog das PME´s

29/01/2013

Escalada das PME´s emergentes

 

escalada

 

Pequenas e médias empresas de crescimento acelerado adotam praticas para contornar o aumento de custos e os obstáculos causados pelo chamado “ Custo Brasil das Emergentes ” – conjunto de desafios que precisa ser enfrentado rapidamente na rota de desenvolvimento do País para a década de 2020.

Ao analisar a trajetória das pequenas e medias empresas (PMEs) que mais crescem no Brasil, uma constatação é obvia: pensar somente de acordo com o porte da empresa é coisa do passado. O fato é que elas vão além e pensam como as grandes organizações, conforme mostram  muitas  das 250 PMEs que compõem o ranking das que mais crescem no Brasil, estudo organizado pela Deloitte e pela Revista Exame, que já avançou sua sétima edição.

Além de apontar quais são as PMEs com maior taxa de expansão nos últimos 3 anos completos, a edição de 2012 da pesquisa mostra como elas agem para contornar problemas históricos do País e que compõem o “ Custo Brasil dos Emergentes” e como eles atuam para:

Diminuir o custo, Lidar com os Tributos, Questões Trabalhistas e Governança, que aqui cabe um detalhamento pois acaba sendo um diferencial competitivo nas PMEs.

Governança como valor:

O tema “ governança ”, esta ganhando espaço na agenda das PMEs que mais crescem. Seja na profissionalização da gestão ou trazendo executivos de mercado para atuar no conselho de administração. A maior transparência já é percebida como algo que agrega valor efetivo à operação.

Algumas PMEs estão adotando um modelo hibrido, mesclando sócios da companhia com membros externos. Já os comitês, cuja principal função é assessorar os conselheiros na tomada de decisões em temas e áreas específicos, são comandados por funcionários que acumulam vários anos de casa nas PMEs.

A combinação entre a agilidade das pequenas empresas na tomada de decisões com uma visão avançada de negócios e finanças típica das grandes empresas, dirigidas e alicerçadas nas bases das boas praticas de governança corporativa, nos moldes do que é indicado pelo IBGC, Instituto de Brasileiro de Governança Corporativa, deixara as PMEs com um diferencial único no mercado, o qual será facilmente revertido em valor percebido pelo acionista.

Fonte de consulta: Revista Mundo Corporativo Deloitte no. 38

Bons negócios,

Laecio Barreiros

Anúncios

19/01/2013

A importância e os Benefícios do Planejamento Financeiro

 

Entrevista_Purcino

 

Começamos o ano com muitas atividades, logo na segunda semana de Janeiro, participei  do Programa Caminhos do Sucesso, apresentado por J. Purcino, abordando um tema muito relevante: A importância e os Benefícios do Planejamento Financeiro.

Acompanhem nos  links a seguir os vídeos divididos em 2 blocos da entrevista e a transcrição publicada no Blog do J. Purcino:

Vídeo Bloco  1: A importância do Planejamento Financeiro:  http://mais.uol.com.br/view/14250385

Vídeo Bloco 2: O custo Brasil: http://mais.uol.com.br/view/14250375

Entrevista transcrita: http://purcino.wordpress.com/2013/01/13/a-importancia-do-planejamento-financeiro-entrevista-com-laecio-barreiros/

Um ótimo ano e bons negócios,

 

Laecio Barreiros

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.